Pontos de Mergulho

ARRAIAL DO CABO

A cidade de Arraial do Cabo é o nosso principal destino. Conhecida como a "capital do mergulho", tem opções para todos os níveis de mergulhadores!

Uma das maiores vantagens de Arraial do Cabo é a pequena distância entre a marina - de onde partem os barcos que se aventuram por suas enseadas - e os pontos de mergulho. A maioria dos pontos de mergulho podem ser alcançados em 20 minutos de navegação.

Diversas espécies animais buscam refúgio e abrigo em suas águas. Algumas são residentes durante todo o ano e outras são visitantes regulares, tais como os golfinhos e baleias.

Podemos dizer que Arraial do Cabo é uma extensão de nossa casa, pois conhecemos o fundo do mar deste local com riqueza de detalhes. Mergulhando com a DIVE POINT você tem a certeza de estar sendo guiado por profissionais experientes, que amam e protegem as riquezas submersas da região.

Você também pode saber um pouco mais sobre Arraial do Cabo visitando o link a seguir:
Arraial do Cabo - Turismo

Pontos de Mergulho


Os pontos de mergulho em Arraial do Cabo são próximos mas dependendo da região visitada, oferecem condições bem diferentes em relação a fauna, a profundidade, ao tipo de substrato e as correntes . Assim podemos agrupar os pontos com características semelhantes.

Você pode conferir a localização no mapa.

Fortaleza, Flutuante, Ponta D´Água e Gato (1, 2, 3 e 12)

Locais de pouca profundidade (5 ~10 metros), são visitados na maioria das vezes para a realização da prática dos cursos de nível Open Water. Esses pontos também são uma boa opção em dias de vento forte, pois oferecem ótima proteção.

Cardeiro, Cherne e Ilha dos Porcos (4, 6, 7, 8, 9, 10 e 11)

Este é sem dúvida, um dos setores mais visitados. Pois além da fauna abundante, podemos ver também cavalos-marinhos. Na enseada do Cardeiro (4) podemos encontrar uma espécie de coral (Coral Mole) que não é nativa da região e é muito apreciada pelos fotógrafos.

Uma boa opção para expandir o seu conhecimento sobre a fauna marinha e seus ecossistemas é o curso de naturalista subaquático.

A profundidade nestes locais fica entre 7 e 15 metros. Com exceção dos pontos localizados na Ilha dos Porcos voltados para o mar aberto (9, 10 e 11). Nestes pontos a profundidade fica entre 12 e 35 metros.

Abobrinha, Escadinha, Anequim e Ponta Leste (13, 14, 15 e 16)

Estes são os pontos ideais para avistar tartarugas, lagostas e peixes de passagem. Também nesses pontos é possível encontrar raias-prego, ticonhas e raias-chita. Profundidade média de 12 metros, mas pode chegar a 27 metros na ponta da Ilha (Ponta Leste).

Cachorrinha, Ferreiro, Ponta do Meio, Buraco do Mero, Oratório, Paredes, Focinho e Bufador (17, 18, 19, 20, 21, 22, 23 e 25)

Esses locais são indicados para mergulhadores com mais experiência, o ideal é que o mergulhador possua treinamento avançado, pois são mergulhos mais profundos (15 ~ 40 metros). A presença de animais maiores é comum nestes pontos.

Por estarem localizados em uma área com menos proteção contra os ventos e ondas, o mar costuma ser mais agitado.

Gruta da Camarinha e Gruta Azul (24 e 26)

Sem dúvida, dois dos mergulhos mais famosos de Arraial do Cabo. Para visitar estas grutas é necessário que o mergulhador possua alto nível de habilidades. Pois estes locais não oferecem acesso direto à superfície em caso de necessidade.

Profundidades entre 7 e 35 metros.

Mais informações sobre o curso avançado e outras especialidades podem ser obtidas nos links abaixo:
Curso Advanced Open Water
Especialidades Diversas

Teixeirinha, Thetis, Harlingen e Dona Paula (5, 26, 27 e 28)

Centenários ou contemporâneos, todos eles têm uma história para contar...são os naufrágios!

Estão localizados entre 7 e 25 metros. Porém visitá-los não é uma tarefa muito comum, pois as condições nestes sítios arqueológicos são bem desafiadoras: visibilidade reduzida e água fria. Mas quando as condições permitem são sem dúvida, uma ótima experiência!

Ponta da Prainha, Prainha, Ponta do Gabriel e Ilha do Pontal (29, 30, 31 e 32)

São locais mais expostos ao vento nordeste (NE), que sopra durante o ano todo e por isso não são muito visitados. As embarcações se dirigem para estes pontos quando não há vento ou o vento sopra de Sul (S) ou Sudoeste (SW) com pouca intensidade.

Com pouca cobertura coralínea , suas rochas servem de abrigo para muitas moréias e lagostas.

Venha mergulhar conosco e descubra um pouco mais sobre esses pontos de mergulho!